BÍBLIA COMENTADA NO WHATSAPP!



Se você quer receber versículos no seu WhatsApp,
basta enviar uma mensagem pelo Whats para:



+55 11 97554 4484


É simples, prático e muito fácil estar
em contato com a Palavra de Deus!



Um Serviço adWhats


A Bíblia Permite Divórcio em Caso de Adultério?





"A Bíblia Permite Divórcio em caso de adultério,

mesmo se o adúltero está quebrantado,

arrependido e buscando reconciliação?"

Eu não acho.

Eu não acho que a Bíblia permita Divórcio e recasamento

enquanto o cônjuge viver.

Essa é minha radical, louca, conservadora, estreita, dura

e muito necessária

visão em nossa cultura de "Divórcio feliz".

"A Bíblia Permite Divórcio em caso de adultério,

mesmo se o adúltero está quebrantado?" Acho...

que por trás dessa questão está

Mateus



e Mateus 19:9.

Essas são as duas cláusulas de exceção no Novo Testamento.

Se um homem divorcia de uma mulher, exceto por

a palavra grega é "porneia",

Se um homem divorcia, exceto por "porneia",

e casa com outra, ele a faz cometer adultério.

Então, acho que essa pessoa está tomando a cláusula de exceção,

às vezes traduzida: "exceto por impureza",

"exceto por imoralidade".

"Porneia"...

significa, mais naturalmente,

fornicação.

Por isso eu tenho essa

bizarra interpretação que poucos seguem:

de que se relaciona à fornicação.

Sexo antes do casamento.

Em outras palavras:

Jesus não está dizendo, ao proibir Divórcio e novo casamento,

que pecado sexual antes do casamento

deveria te impedir de casar.

E Ele fez isso porque José e Maria estavam nessa situação em Mateus,

e é onde essa cláusula de exceção ocorre.

Pelo menos José PENSOU que ela estava nessa situação.

Então, ele vai rejeitá-la e não casar com ela.

Porque era um homem justo.

Que não queria...

casar e...

Jesus está dizendo:

"Não tenho essa situação em mente

quando eu proíbo Divórcio."

Então, eu não acho que exista uma exceção para adultério

no Novo Testamento.

Que significa que especialmente

se o adúltero estiver arrependido,

que é o que essa pergunta diz:

"a Bíblia Permite Divórcio em caso de adultério,

mesmo se o adúltero está quebrantado e arrependido?"

E acho que meu principal argumento aqui é:

"deixa de lado toda discordância com o que acabei de dizer"

porque quase todos discordam de mim nisso.

Vá em Efésios 5, que diz:

"Maridos, amem vossas esposas como Cristo ama a Igreja."

A Igreja já cometeu Adultério?

Tipo, diariamente?

Então...

como um marido cristão

pode

dizer a uma penitente

esposa que cometeu adultério, uma penitente:

"Você fez isso!

Você fez! E isso quebra tudo!

E está acabado, e vou oficializar na corte."

Não vejo como qualquer marido cristão pode falar, sentir assim

para com uma quebrada e arrependida.

E acho que se ela não está quebrada e arrependida,

ele deve esperar e esperar, e orar e orar.

Esse é um duro ensino.

E casamento...

deixe-me largar uma coisa aqui.

Eu li um livro, de Jeffrey Bromley

chamado "Deus e o Casamento".

Umas 120 páginas.

"Deus e o Casamento".

Sobre o Deus Trinitariano no casamento do Velho

e no Novo Testamento.

E ele apontou uma coisa. Disse:

No Velho Testamento, cada casamento

é um casamento podre.

Todos dolorosos. Ele vê cada patriarca,

que horríveis eles foram.

Você tem poligamia envolvida, tem Hagar.

Concubinas envolvidas. Tem...

cada casamento que olhar no Velho Testamento é horrível!

Oséias...

E não existe Divórcio em lugar algum

no Velho Testamento

entre os patriarcas.

Todos eles suportaram.

Todos eles superaram.

Era uma bagunça, era horrível!

E Deus, no final,

nunca se divorcia de Seu povo.

Há separações: ela vai ao exílio

em Babilônia.

E você tem "linguagens de Divórcio".

Cuidado em Jeremias, onde diz que Ele deu carta de Divórcio.

Na verdade, não.

Ele a mandou embora,

e depois disse: "Meu coração se aqueçe por ti,

estou te tomando de volta!"

E Oséias ilustra isso: "Vai e casa com uma prostituta."

Foi realmente, muito, muito,

poderoso para mim, em certo estágio do meu casamento,

ouvir Bromley apontar

ilustração após outra,

quantos maus casamentos havia

no Velho Testamento.

E como nenhum entrou em Divórcio.








Comentários

Enviada Por: Jonis Dias
Em:
A Bíblia pode até não mencionar, mas era costume do povo hebreu divorciar por qualquer besteira. Os patriarcas "suportaram" bem seus casamentos pois tinham opção para variar dentro de casa. E, eram as mulheres que suportavam/toleravam a sociedade extremamente machista em que viviam. Q grande questão sobre o divórcio é: existe uma transgressão tão grande que Jesus viraria as costas para a sua igreja?



Enviar Comentário