BÍBLIA COMENTADA NO WHATSAPP!



Se você quer receber versículos no seu WhatsApp,
basta enviar uma mensagem pelo Whats para:



+55 11 97554 4484


É simples, prático e muito fácil estar
em contato com a Palavra de Deus!



Um Serviço adWhats


Dr. William Lane Craig e Christopher Hitchens sobre a definição de ateísmo





Craig: vamos começar falando se há algum argumento bom para nos fazer pensar que o ateísmo está correto

Veja, me parece que você é um tanto ambivalente aqui

que você diz redefinir o ateísmo

para significar um tipo de a-teísmo

ou não-teísmo

Hitchens: é isso que significa!

Mas, então, como você distingue

as diferentes variações de não-teísmo?

Por exemplo: o que é normalmente chamado de ateísmo,

agnosticismo,

ou a visão de verificacionistas que...

que diz que a afirmação "Deus existe" não tem importância.

não há afirmação que eu conheça que diga que o ateísmo é verdadeiro

porque ateísmo é a afirmação de que certa proposição NÃO é verdadeira

- de que certa proposição NÃO é verdadeira.

Ateísmo é a afirmação de que "certa proposição NÃO é verdadeira"?

Bem, que "proposição" é essa?

É essa: Deus existe (i.e. Teísmo)

Se isso "não é verdadeiro" (i.e. Deus NÃO existe)

então Ateísmo (i.e. a afirmação de que a proposição dos teístas não é verdadeira)...

É verdadeiro!

É uma afirmação logicamente equivalente (i.e. se Teísmo é falso, então Ateísmo deve ser necessariamente verdadeiro e vice versa).

Por exemplo, a seguinte letra...

A

... é simétrica.

Mas, se a proposição de simetria, quando a aplicada à seguinte letra...

F

... não é verdadeira, então é verdadeiro dizer que ela é, portanto:

ASSIMÉTRICA!

Você não simplesmente "não crê" na simetria dela, você afirma positivamente a assimetria dela!

Teísmo = verdadeiro se Ateísmo é falso. Ateísmo = verdadeiro se Teísmo é falso

Então, Hitchens concordou (inconscientemente, pelas suas próprias palavras e ao contrário de suas intenções) com Dr. Craig: Ateísmo significa que Deus NÃO existe e é uma alegação sobre a realidade que pode ser afirmada como VERDADEIRA!

E mesmo assim Hitchens tem coragem de dizer:

Hitchens: eu gostaria que você entendesse isso. Digo...

Craig: bem...

Hitchens: eu, eu...

Craig: mas o ponto é que,

a sua definição de...

de a-teísmo ou não-teísmo

engloba uma diversidade de visões, como (1) agnosticismo,

(2) o que é normalmente chamado ateísmo,

ou (3) verificacionismo.

Agora, com qual desses você se identifica, dentro desse guarda-chuva do ateísmo?

ou seja, um ateu, que afirma a proposição "Deus não existe",

ou você simplesmente se recusa a crer em Deus, como faz o agnóstico?

Questão simples.

Mas Hitchens sabe que se ele escolher a primeira, ele terá o ônus da prova; se ele escolher a segunda, ele não estará fornecendo uma negativa ao debate:

Solução?

DESVIAR!

Hitchens: certo!

Eu... em alguns dias...

Eu, eu...

para o auditório: não, eu não vou lhes prestar esse favor...

em alguns dias, sou um grande admirador de Thomas Huxley,

que debateu com o bispo Wilberforce

em Oxford, no Natural History Museum, sobre darwinismo

no século 19, e ele era conhecido como o "Bulldog de Darwin"

não diríamos o "Pitbull de Darwin"

e ele acabou com o nobre Bispo...

Mas, eu não posso agradecê-lo por inventar o termo "agnóstico"

e também não posso agradecê-lo por alguns de seus posicionamentos sociais-darwinistas, alguns dos quais era pouco atrativos...

Craig: eu preciso de uma resposta!

Hitchens: porque eu penso que agnosticismo é evasivo.

Agnosticismo é "evasivo"?

É VOCÊ que está desperdiçando os seis minutos de Craig com uma biografia de Huxley, em vez de responder à questão, Sr. Hitchens!

Mas talvez ele esteja prestes a nos dizer que ele é um verificacionista?

Hitchens: para mim, sim. Se você falar do poder do Espírito Santo e por aí vai, para mim, isso não tem nenhuma importância...

Sinto muito, eu tentei. Pra mim é ruído branco

é como dizer: "Só há um Deus e Allah é seu mensageiro"

Não tem nexo, pra mim.

Craig: um momento!

Para muitos de nós, sinto muito, muitas vezes esse é o caso.

Pode ser verdade, É verdade...

Craig: Sr. Hitchens, preciso pressioná-lo aqui...

Hitchens: sinte-se livre!

Craig: qual é a sua visão, afinal?

você afirma que Deus não existe ou simplesmente não crê?

Hitchens: eu acho que disse uma vez que nunca vi nenhuma evidência persuasiva para a existência de algo,

e eu me dediquei de verdade a estudar as evidências e argumentos apresentados

que eu vou chegar a dizer, ter a coragem de dizer que, por tudo isso, não existe.

- que, por tudo isso, não existe!

exceto quanto ao que diz Henry James

sobre ser tão real para algumas pessoas em suas próprias mentes, que chega a contar como uma força no mundo.

Craig: ok, então você afirma mesmo que Deus não existe.

Agora, o que eu quero saber é se você tem alguma justificativa para isso.

Hitchens: eu acho que estou desconectado

Locutor: está tudo bem!

Hitchens: tem certeza?

Craig: você tem algum argumento que leva à conclusão de que Deus não existe?

Eu prefiro dizer, eu acho - estou me perguntado se estou entediando alguém nesse momento.

Eu prefiro dizer...

- eu prefiro declarar o contrário e dizer...

- eu prefiro declarar o contrário e dizer...

que eu acho todos os argumentos em favor da existência falaciosos ou não convincentes.

(i.e. Agnosticismo!)

(Dicionário filosófico) Ateísmo: Crença de que Deus não existe.

(Enciclopédia Online) Ateísmo: negação da existência de Deus.

(Enciclopédia de Filosofia de Stanford) Ateísmo: Crença de que Deus não existe.

(Enciclopédia de Filosofia) O que é Ateísmo? Ateísmo é a visão de que não há Deus.

Craig: você concordaria que ausência de evidência não é evidência de ausência?

Hitchens: bem, sabe, eu estou certo de que eu concordaria...

Craig: ok!

passemos para o Argumento Moral e falemos dele um pouco...

Outra afirmação logicamente equivalente: Discordando, Hitchens alega que ausência de evidência É evidência de ausência. Ele tem, portanto, que se agarrar a essa abordagem se espera preencher a lacuna entre ateísmo e agnosticismo!

Hitchens: me parece que... que...

que é uma grande... não é uma pergunta pequena...

Craig: certamente não é uma pergunta pequena...

Hitchens: sua evidência deve ser absolutamente extraordinária, me parece.

Mas é a ausência de grandeza, eu acho, que me atinge primeiro.

Evidência não precisa ser "extraordinária" (um termo variável e subjetivo), mas suficiente (i.e. argumento sólido).

E, se vale mencionar, o seguinte pensamento dificilmente é "extraordinário":

Hitchens começou afirmando que ateísmo é falta de crença em Deus. Depois ele mudou para Deus NÃO existe. Ele não ofereceu nenhum argumento para sua afirmação.

Ele também considera que ausência de evidência É evidência de ausência, sem se dar conta dos dos seguintes problemas

Primeiro, isso depende de todos os argumentos de Dr. Craig serem refutados, mas ele teve sucesso com isso?

Segundo, não é um argumento válido apelar para a ausência de evidência!

Talvez o ponto do obstrucionismo de Hitchens fosse não confrontar as falácias de seu raciocínio, como:

Craig: o único argumento para o Ateísmo é a ausência de evidência para Deus

mas o problema aqui é que a ausência de evidência

não é necessariamente evidência de ausência...

Para exemplificar,

a maioria dos cosmólogos acreditam que o Universo passou por um período de expansão

logo após o Big-Bang.

Ainda assim, não temos evidência positiva sobre esse período.

Mas isso significa que, portanto, esse período não existiu?

O motivo pelo qual não acreditamos que eu sou um canguru

não é por causa da ausência de evidência que eu sou um canguru

mas pela presença de evidência que eu não sou um canguru.

porque nós temos boas evidências de que eu sou Homo Sapiens

portanto, é a presença de evidência contrária

mas essa noite nós não ouvimos evidência contrária quanto a existência de Deus

e esse um ponto lógico elementar!

Hitchens foi aconselhado por Craig, antes do debate, a ir preparado para tais argumentos. E a triste conclusão é:

Craig: ele afirmou que ele, sozinho,

tinha a visão de mundo verdadeira: ateísmo.

O único problema é que ele nem sequer tem algum argumento para essa visão de mundo

ele simplesmente a alega.

Então, me parece que se você pretende ter uma visão de mundo e defendê-la essa noite

você tem que vir ao debate preparado parar dar alguns argumentos, mas nós não ouvimos nenhum.

Hitchens foi desconexo e incoerente, com o ocasional golpe retórico. Francamente, Craig espancou Hitchens como uma criança bobinha. - AteísmodeSensoComum.com

Isso é tudo, pessoal!










Enviar Comentário