BÍBLIA COMENTADA NO WHATSAPP!



Se você quer receber versículos no seu WhatsApp,
basta enviar uma mensagem pelo Whats para:



+55 11 97554 4484


É simples, prático e muito fácil estar
em contato com a Palavra de Deus!



Um Serviço adWhats


Deus e o Problema Emocional do Sofrimento - William Lane Craig



Agora, quando eu digo "fracassa", eu quero dizer que fracassa intelectualmente.

A angústia do Problema do Sofrimento e dúvidas irritantes podem ainda continuar. E isso nos traz de volta ao Problema Emocional do Sofrimento, e eu já disse que a maioria das pessoas que estão sofrendo não estão realmente experimentando um Problema intelectual, mas um Problema Emocional.

Agora, você pode perguntar-se, "Então, porque passar por todo esse material intelectual se esse realmente não é o Problema?"

Bem, por duas razões, eu penso:

Primeira: as pessoas pensam que seu Problema é intelectual. Então, ao trabalhar com as respostas dos Problemas lógico e evidencial do mal, nós podemos ajudá-las a ver qual é o verdadeiro Problema e tratar sua opinião com respeito.

Mas, segundo, eu acho que o que eu compartilhei com você nessa tarde pode ser de tremenda ajuda e encorajamento quando você tiver que suportar terrível Sofrimento.

O evangelho da saúde e da riqueza, e o evangelho do pensamento positivo, que estão sendo proclamados em várias megaigrejas e denominações nesse país, são evangelhos falsos, que estão preparando as pessoas para uma queda.

Esse tipo de evangelho de saúde e de riqueza não se prega em Darfur, ou na Coréia do Norte, ou no Iraque, ou em mil outros lugares, e se não pode ser pregado lá, não é o Evangelho verdadeiro.

Nós precisamos entender que o plano de Deus para a humanidade pode envolver terrível Sofrimento para nós e não podemos esperar ver o objetivo e razão disso.

Nossa esperança está não na esperança mundana mas naquele dia em que Deus limpará todo lágrima.

Então, o que pode ser dito àqueles que estão lutando com o Problema Emocional do Sofrimento?

Bem, de certa forma, o mais importante pode ser não o que você diz, o mais importante pode ser apenas estar lá como um amigo amoroso e um ouvinte simpático. Apenas estar lá para prestar apoio Emocional. Mas, algumas pessoas podem querer aconselhamento, e nós mesmos podemos ter que lidar com esse Problema Emocional quando sofremos.

Então, a fé cristã tem os recursos para lidar com esse Problema Emocional também?
Bem, eu acho que certamente tem. Porque a fé cristã, nos diz que Deus não é algum Criador distante ou um tipo impessoal de ser, mas Ele é um Pai celestial amoroso que compartilha de nossos Sofrimentos e sente dor conosco.

Na cruz, Cristo suportou um Sofrimento além de todo entendimento, Ele levou a punição pelos pecados do mundo inteiro. Nenhum de nós pode compreender aquele Sofrimento. Mesmo sendo inocente, Ele voluntariamente tomou sobre Si mesmo a pena de morte pelo pecado que nós merecíamos. Se alguém pudesse reclamar de Sofrimento inocente, teria sido Jesus de Nazaré.

E por que Ele fez isso? Ele o fez porque nos ama tanto. Como podemos rejeitar Aquele que esteve disposto a sacrificar tudo por nós?

Quando Deus nos pede que passemos por Sofrimento que parece desmerecido, sem objetivo e desnecessário, meditar na cruz de Cristo pode ajudar a nos dar força moral e coragem para suportar a cruz que devemos carregar.

Eu mencionei anteriormente que conhecer a Deus é um bem imensurável, ao qual o nosso Sofrimento nem pode ser comparado. Eu acho que poucos de nós realmente entende essa verdade, mas um antigo colega meu conheceu uma mulher que entendia.

Tom criou o hábito de visitar pacientes em uma clínica para tentar trazer um pouco de alegria e felicidade em suas vidas. E um dia ele conheceu uma mulher na clínica que ele nunca esqueceria, e esse é o relato de Tom, que vou ler para você:

"Nesse dia em particular, eu estava andando em um corredor que eu não havia visitado antes, procurando em vão pelos poucos que estavam vivos o suficiente para receber uma flor e algumas palavras de encorajamento. Esse corredor, parecia conter os piores casos, amarrados às macas ou em cadeiras de rodas e parecendo completamente sem esperança.

Me aproximando ao fim desse corredor, eu vi uma mulher idosa amarrada a uma cadeira de rodas. Seu rosto era um absoluto horror. O olhar vazio de suas pupilas brancas mostravam que ela estava cega. O grande aparelho auditivo em um ouvido mostrou que ela estava quase surda. Um lado do seu rosto estava sendo comido por câncer. Havia uma ferida descolorada e corrente cobrindo parte de uma bochecha, e isso puxava seu nariz para um lado, deixava seu olho caído e distorcia sua mandíbula.

Assim, o que deveria ser o canto de sua boca, era o fundo de sua boca. Como consequência ela babava constantemente. Eu também descobri que essa mulher tinha 89 anos de idade e que ela havia estado acamada, cega, quase surda e solitária por 25 anos. Essa era Mabel.

Eu não sei porque eu falei com ela. Ela pareceu menos capaz de responder do que a maioria das pessoas que vi naquele corredor. Mas eu coloquei uma flor em sua mão e disse: "aqui está uma flor para você, feliz dia das mães"

Ela segurou a flor diante do rosto e tentou cheirá-la, e então falou, e para minha surpresa, as suas palavras, embora um pouco distorcidas pela deformidade, eram obviamente produzidas por uma mente clara.

Obrigada, ela disse, é muito amável. Mas, posso dá-la para outra pessoa? Eu não posso ver sabe? Eu sou cega.

Eu disse, é claro, e empurrei sua cadeira pelo corredor, para um lugar onde eu pensava encontrar alguns pacientes alertas. Eu encontrei um e parei a cadeira. Mabel entregou a flor e disse. Pegue, isso é de Jesus.

Foi então que comecei a perceber que ela não era um ser humano qualquer. Mabel e eu nos tornamos amigos durante as semanas seguintes.. e eu fui vê-la uma ou duas vezes nos próximos 3 anos.

Não demorou muitas semanas para que eu mudasse de um senso de estar ajudando, para um senso de admiração, e eu ia a ela com caneta e papel e escrevia as coisas que ela dizia. Durante uma semana agitada de exames finais, eu estava frustrado, porque minha mente parecia estar sendo puxada em dez direções.

Com todas as coisas que eu tinha que pensar, me ocorreu a pergunta, Sobre o que Mabel precisa pensar hora após hora, dia após dia, semana após semana, sem ser capaz de saber se é dia ou noite?

Eu fui a ela e perguntei-lhe: Mabel, sobre o que você pensa, deitada aqui?

E ela disse, eu penso no meu Jesus.

Eu me assentei ali e pensei por um momento sobre a dificuldade para mim em pensar em Jesus por 5 minutos. E eu lhe perguntei, o que você pensa sobre Jesus?

Ela respondeu lenta e deliberadamente enquanto eu escrevia, e é isso o que ela disse:

Eu penso em como Ele tem sido bom para mim. Ele tem sido muito bom para mim em minha vida sabe? Eu sou desses que estão bem satisfeitos. Muitos pensam que eu estou meio fora da moda, mas eu não me importo! Eu prefiro ter Jesus, Ele é todo o mundo para mim.

E então Mabel começou a cantar um hino antigo: Jesus é o mundo todo para mim. Minha vida, minha alegria, meu tudo. Ele é minha força, dia a dia. Sem ele eu cairia. Quando estou triste, a Ele vou. Nenhum outro pode assim me alegrar. Quando estou triste, Ele me faz feliz. Ele é meu amigo.

Isso não é ficção! Por incrivel que possa parecer, um ser humano realmente viveu assim. Eu sei, eu a conheci! Como ela conseguia? Os segundos faziam tique-taque. Os minutos se arrastavam. E também os dias, e semanas, e meses e anos de dor! Sem companhia humana, e sem explicação do porque isso estar acontecendo! E ela deitava lá e cantava hinos! Como ela conseguia?

A resposta eu penso, é que Mabel, tinha algo que eu e você não temos muito. Ela tinha poder. Deistada lá, naquela cama, incapaz de se mover, incapaz de ver, incapaz de ouvir, incapaz de falar com alguém, ela tinha um incrível poder."

Paradoxalmente, embora o Problema do Sofrimento seja a maior objeção a existência de Deus, no final, Deus é a única solução para o Problema do Sofrimento. Se Deus não existe, então estamos trancados em um mundo cheio de Sofrimento gratuíto e não redimido. Deus é a resposta final para o Problema do Sofrimento, pois Ele nos trás para o bem incomensurável, e nos redime do mal e nos traz eternamente à comunhão com Ele mesmo.








Comentários

Enviada Por: Erica Costa
Em:
Deus faz hoje e nós só entendemos amnhã, ou nunca vamos entender pois sua vontade é soberana e naturalmente o melhor para nós, vai muito além das aparências. A ELE toda GLÓRIA!!

Enviada Por: Orcilene Carvalho da Silva
Em:
Espetacular este tipo de poder!... Um exemplo a ser perseguido... buscando na fonte... a Graça de Deus!. Fiquei até inspiradissima!. E, desde já peço licença para publicá-lo, citando o autor e o link. A Graça para nós todos!. Orcilene.



Enviar Comentário