Bíblia Comentada no WhatsApp!



Se você quer receber versículos bíblicos
no seu WhatsApp, basta enviar uma
mensagem pelo Whats para:



+55 11 97554-4484.



É simples, prático e muito fácil estar
em contato com a Palavra de Deus!



Um Serviço adWhats



Mundo Cristão: Depoimento Um mês para viver





2006 foi um ano devastador para mim.

Fui casada por trinta anos...

...e, no Natal...

...ele me apresentou os papéis de divórcio.

Pensei que jamais experimentaria algo mais doloroso...

...e devastador do que aquilo.

Até o dia 13 de abril de 2006.

Brian, meu filho de 22 anos...

...estava na faculdade...

...Brian foi encontrado morto no sofá, com seu violão...

...pensaram que...

...devido à depressão por seu pai ter saído de casa...

...com a qual tinha sofrido muito...

...talvez tivesse usado drogas.

Como mãe, eu sabia que não era verdade...

...porque meu filho tinha um relacionamento com Deus...

...ele tinha sido batizado em 2000.

No dia 4 de outubro...

...recebi um telefonema do promotor...

...dizendo-me que dois homens haviam sido presos pelo assassinato de Brian.

Um dos jovens...

...fora transferido de outra jurisdição, onde havia sido preso...

...e ia ser julgado na semana seguinte...

...no dia 9 de outubro.

Pediram-me para ir ao julgamento e dizer algumas palavras.

Eu orei a Deus e pedi que Ele me ajudasse...

...porque eu não sabia o que fazer.

Eu estava no escritório do promotor...

...e ele perguntou se eu tinha minha declaração.

E eu respondi: "Na verdade eu tenho...

...tenho uma cópia aqui comigo".

E ele disse: "Posso vê-la?".

Então ele leu a carta...

...e disse:

"Nós vamos entrar no tribunal".

Então, entramos no tribunal...

...e trouxeram Jeremy...

...o jovem que estava sendo acusado.

Daí o juiz disse que era hora de fazer a minha declaração...

...me fez ficar de frente ao tribunal e me disse:

"Sra. McDonough, isto é um tribunal...

...e não permitiremos que você grite ou xingue...

...ou demonstre qualquer tipo de raiva para o acusado...

...Você deve manter um tom digno".

Então ele me deu a palavra...

e comecei:

"Eu não sei o que você estava pensando no dia em que Brian morreu...

...e também acho que isso não importa muito agora.

O que importa é o que você está pensando agora.

E eu quero que você saiba que eu te perdôo.

E eu o faço por egoísmo...

...porque vejo Deus ao seu lado, com uma mão em seu ombro...

...pedindo-me para perdoá-lo".

Isso era parte da minha carta para Jeremy:

"Deste dia em diante, é a minha prece que você seja um salvador de vidas...

...e não alguém que as destrói.

Sua história tornou possível que você seja um exemplo do poder de Deus nas nossas vidas.

Se a vida de Brian tinha de ser sacrificada...

...para que você pudesse salvar milhares de vidas partidas...

...incluindo a sua...

então a morte dele não foi em vão.

E eu encontro conforto em saber que a vontade de Deus está sendo feita".

Antes de sairmos, Jeremy disse:

"Sra. McDonough, eu a abraçaria, se pudesse.

Mas, se eu tentasse, esses homens me jogariam no chão".

Eu respondi: "Tudo bem Jeremy, eu sei como você se sente".

Quando saímos...

...e passei por ele...

...toquei em suas costas..

...e, ao fazê-lo, vi o juiz se levantar.

E ele disse: "Sra. McDonough!"

E eu pensei:

"Ele vai me prender".

Em vez disso, ele me disse: "Você poderia vir aqui?".

Fui até ele...

...e ele me disse:

"Eu só queria dizer que aquela carta foi incrível.

E queria pedir-lhe uma cópia...

...pois há outras pessoas que precisam ouvir essas palavras".

Penso que...

...caso você tenha a oportunidade...

...de estender a mão, pegar alguém..

...e lhe dizer:

"Venha para o lado de cá...

...e experimente o que é o amor.

então é isso o que você deve fazer.

Eu passaria os meus trinta dias...

...assegurando a Jeremy...

...de que a vida pode ser tão boa...

e que ele pode ser um jovem incrível.









Enviar Comentário