BÍBLIA COMENTADA NO WHATSAPP!



Se você quer receber versículos no seu WhatsApp,
basta enviar uma mensagem pelo Whats para:



+55 11 97554 4484


É simples, prático e muito fácil estar
em contato com a Palavra de Deus!



Um Serviço adWhats



 Levítico - Cap.: 24

12345678910
11121314151617181920
21222324252627
1 - E FALOU o SENHOR a Moisés, dizendo:
2 - Ordena aos filhos de Israel que te tragam azeite de oliveira, puro, batido, para a luminária, para manter as lâmpadas acesas continuamente.
    2. Ordena aos filhos de Israel Esta é a repetição de uma lei previamente dado (Ex 27:20, 21).
    azeite puro batido ou estirados, que é sempre de grande pureza.
    3, 4. Aarão em ordem, desde a noite até de manhã A presença diária dos padres era necessário para supervisionar a limpeza e corte.
    2. Para fazer com que as lâmpadas se queimar - hebraico. da lâmpada: ainda ver. 4, é a lâmpadas: Os sete candeeiros todos uma lâmpada. Em alusão ao que o Espírito Bendito é representado, Rev. iv, 5, com sete lâmpadas de fogo diante do trono. Pois há diversidade de dons, mas um espírito.
3 - Arão as porá em ordem perante o SENHOR continuamente, desde a tarde até à manhã, fora do véu do testemunho, na tenda da congregação; estatuto perpétuo é pelas vossas gerações.
    3. Aaron - por si ou por seus filhos, Ex. XXV, 37.
4 - Sobre o candelabro de ouro puro porá em ordem as lâmpadas perante o SENHOR continuamente.
    4. em cima do candelabro de ouro puro , assim chamada por causa de ouro puro. Este era o símbolo da luz que os ministros estão de difundir através da Igreja.
    5-9. tomar farinha e asse doze pães para o pão, como já foi apontado (Ex 25:30). Esses bolos eram cozidos pelos levitas, a farinha seja feita pelo povo (1Ch 09:32, 23:29), óleo , vinho, sal e outros ingredientes, sendo o (Le 2:13).
    dois décimos , isto é, de um efa" treze e meia de peso libras cada, e em cada fileira ou pilha de bolos alguns incenso foi strewed, que, sendo queimada, levou os pães da proposição a ser chamado de "uma oferta feita pelo fogo. " Todo sábado uma nova oferta foi apresentada; pães quentes foram colocados no altar, em vez de os velhos, que, tendo ficado uma semana, foram removidos, e comido somente pelos sacerdotes, salvo em caso de necessidade (1 Samuel 21:3-6 ; também Lu 6:3, quatro).
    4. O candelabro de ouro puro - assim chamada, em parte porque era feito de ouro puro, em parte porque era para ser mantido sempre limpo.
5 - Também tomarás da flor de farinha, e dela cozerás doze pães; cada pão será de duas dízimas de um efa.
    5. Tu - pelos sacerdotes ou levitas, cujo trabalho era para prepará-los, ix 1Chr, 32. Doze bolos - Representando as doze tribos.
6 - E os porás em duas fileiras, seis em cada fileira, sobre a mesa pura, perante o SENHOR.
    6. Duas linhas - Não é uma sobre a outra, mas um outro lado, como o incenso colocado sobre cada um, ver. 7, shews.
7 - E sobre cada fileira porás incenso puro, para que seja, para o pão, por oferta memorial; oferta queimada é ao SENHOR.
    7. Puro incenso - Unmixed e incorrupta, ou da melhor forma, para ser queimado diante do Senhor. Sobre o pão - e isso foi feito cada vez que o pão foi alterado. Para um memorial - Para a parte que pertencia a Deus corretamente, enquanto o resto pertencia aos sacerdotes.
8 - Em cada dia de sábado, isto se porá em ordem perante o SENHOR continuamente, pelos filhos de Israel, por aliança perpétua.
    8. Dos filhos de Israel - E estes bolos são disse a ser recebido ou oferecido pelos filhos de Israel, comprado com o dinheiro que eles contribuíram. Por uma aliança eterna - Em virtude desse pacto feito entre mim e eles, por que eles eram obrigados a manter este entre outros comandos, e, assim fazendo, sou obrigado a ser o seu Deus e abençoá-los. E isso pode ser chamado aqui uma aliança eterna, não só porque era a suportar, desde que o governo judeu se levantou, mas também porque este era para estar para sempre, ou continuamente, e, portanto, os bolos de novo pela primeira vez perante os antigos foram tomadas distância.
9 - E será de Arão e de seus filhos, os quais o comerão no lugar santo, porque uma coisa santíssima é para eles, das ofertas queimadas ao SENHOR, por estatuto perpétuo.
    9. It - O pão velho agora a ser retirado. Queimada - O incenso era oferecido pelo fogo, e que, por ou em vez do pão, e, portanto, o pão era reputado como se tivesse sido assim oferecidos.
10 - E apareceu, no meio dos filhos de Israel o filho de uma mulher israelita, o qual era filho de um homem egípcio; e o filho da israelita e um homem israelita discutiram no arraial.
    10. o filho de uma mulher israelita, & c. Esta passagem narra a promulgação de uma lei nova, com um detalhe sobre as circunstâncias que lhe deu origem. O" multidão misturada "[Ex 0:38] que acompanhava os israelitas no o êxodo do Egito, cria uma presunção de que as conexões casamento do tipo descrito não eram freqüentes. E foi mais natural, nas circunstâncias relativas dos dois povos, que o pai deve ser um egípcio e mãe israelita.
    10. Cujo pai era um egípcio - Esta circunstância parece notar, em parte para mostrar o perigo de casamentos com pessoas de princípios ímpios, e em parte por essa severidade contra ele que era um desconhecido pelo pai, um israelita e pela mãe, para mostrar que Deus não teria esse pecado impune entre seu povo, que, seja quem for que ele foi cometido. Saiu - Out of Egypt, sendo um dos que a multidão mista, que saíram com os israelitas, Ex. xii, 32. É provável, isso foi feito quando os israelitas estavam perto do Sinai.
11 - Então o filho da mulher israelita blasfemou o nome do SENHOR, e o amaldiçoou, por isso o trouxeram a Moisés; e o nome de sua mãe era Selomite, filha de Dibri, da tribo de Dã.
    11. E o filho da mulher israelita blasfemou o nome do Senhor A juventude desta metade do sangue, ter brigado com um [israelita Le 24:10], ventilada sua raiva de alguma forma terrível de impiedade. Era uma prática comum entre os egípcios a maldição dos seus ídolos quando decepcionado com a obtenção do seu objeto de petições. A mente egípcia dessa juventude achava que o maior insulto ao seu adversário foi a blasfemar o objeto de sua reverência religiosa. Ele falou desrespeitosamente de um que sofreu o duplo caráter do Rei bem como o Deus do povo hebreu, como o crime foi um novo, ele foi colocado na prisão até a mente do Senhor, foi constatada a sua disposição.
    11. O nome do Senhor - As palavras do Senhor, ou do Senhor, são oferecidos de ver. 16, onde são expressas, aqui eles são omitidos, talvez, para o agravamento de seu crime. Ele blasfema o nome chamado por meio de eminência, para que o nome que está acima de todo nome, aquele nome que um homem deve tremer em algum tipo de menção, o que não deve ser chamado sem justa causa ou sem reverência. E amaldiçoados - Não é só israelita, mas também o seu Deus, como resulta do ver. 15, 16. E eles trouxeram - Ou as pessoas que o ouviam, ou o magistrado inferior, a quem ele foi levado.
12 - E eles o puseram na prisão, até que a vontade do SENHOR lhes pudesse ser declarada.
    12. Que a mente do Senhor pode ser mostrado - Porque Deus disse que só tinha em geral, que não iria prender inocente tal, isto é, ele iria puni-los, mas não tinha declarado como eles seriam punidos pelos homens.
13 - E falou o SENHOR a Moisés, dizendo:
14 - Tira o que tem blasfemado para fora do arraial; e todos os que o ouviram porão as suas mãos sobre a sua cabeça; então toda a congregação o apedrejará.
    14. Produzi-lo tem que amaldiçoou fora do arraial Todas as execuções tiveram lugar fora do arraial, e este arranjo provavelmente se originou na idéia de que, tal como os israelitas estavam a ser" um povo santo "07:06 [De; 14:02, 21 ;]; 26:19 28:9, todos os infractores flagrante deve ser empurrado para fora de sua sociedade.
    todos os que o ouviram porão as mãos sobre a cabeça, & c. A imposição de mãos formaram um testemunho público e solene contra o crime, e ao mesmo tempo fez a punição legal.
    14. Justiça procura colocar suas mãos sobre a cabeça - que lhes deu testemunho público que ouviram essa pessoa falar tais palavras, e não em seus próprios nomes e de todos os povos, para ser executado em cima dele, que por este sacrifício Deus pode ser aplacada, e Seus julgamentos se afastou do povo, a quem eles certamente cair se ele fosse punido. Apedrejá-lo - A mesma pena que foi nomeado antes para os que amaldiçoou seus pais.
15 - E aos filhos de Israel falarás, dizendo: Qualquer que amaldiçoar o seu Deus, levará sobre si o seu pecado.
    15. Todo aquele que amaldiçoar a seu Deus - ele fala de censura. Levará o seu pecado - Ou seja, a punição do mesmo; não deve ficar impune.
16 - E aquele que blasfemar o nome do SENHOR, certamente morrerá; toda a congregação certamente o apedrejará; assim o estrangeiro como o natural, blasfemando o nome do SENHOR, será morto.
    16. bem como o estrangeiro, como aquele que é nascido na terra, blasfemando o nome do Senhor, será posto à morte Embora estranhos não eram obrigados a circuncidar-se, contudo, por se juntar ao acampamento israelita, tornaram-se favoráveis à direito, especialmente o que dizia respeito à blasfêmia.
    17-22. aquele que mata alguém, certamente será morto Estes versículos contêm a repetição de algumas outras leis relativas a crimes de natureza social, as sanções para os quais foram infligidos, não pela mão de particulares, mas sim através do médio dos juízes diante de quem a causa foi intentada.
    16. Aquele que blasfemar o nome do Senhor - Isto é uma repetição do mesmo pecado, em outras palavras, o que é comum. Como este direito está previsto em termos gerais, ver. 15, para ambos o pecado ea punição são particularmente expressa, ver. 16. Toda a congregação - Para mostrar o seu zelo por Deus, e para gerar neles o maior pavor e repulsa de blasfêmia.
17 - E quem matar a alguém certamente morrerá.
    17. Aquele que mata - Esta lei é repetida aqui, para evitar os efeitos da travessa mens lutando juntos, como aqui, que causou a blasfêmia, assim que pôde em outros levam ao assassinato.
18 - Mas quem matar um animal, o restituirá, vida por vida.
19 - Quando também alguém desfigurar o seu próximo, como ele fez, assim lhe será feito:
20 - Quebradura por quebradura, olho por olho, dente por dente; como ele tiver desfigurado a algum homem, assim se lhe fará.
21 - Quem, pois, matar um animal, restituí-lo-á, mas quem matar um homem será morto.
22 - Uma mesma lei tereis; assim será para o estrangeiro como para o natural; pois eu sou o SENHOR vosso Deus.
    22. Uma lei - ou seja, em matéria de direito comum, mas não como os privilégios da igreja.
23 - E disse Moisés, aos filhos de Israel que levassem o que tinha blasfemado para fora do arraial, e o apedrejassem; e fizeram os filhos de Israel como o SENHOR ordenara a Moisés.
    23. os filhos de Israel fizeram como os senhores ordenado O capítulo se encerra com a execução do filho Shelomiths [Le 24:14]" e lapidação tendo depois se tornar a punição estabelecida em todos os casos de blasfêmia, que ilustra o destino de Stephen, que sofreram sob uma imputação falsa de que o crime [Atos 7:58, 59].  «Â Prev Capítulo 24 Next » ? versão para impressão Este livro foi acessado mais de 1.764.097 vezes desde 01 de junho de 2005. Registre-se Login Anúncios Store | Copyright | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie conosco | Programa de Assinatura Library. ControlBox (bottom: fundo; 0px: # 660000; cor: branco estofamento;: 4px 4px 4px 4px; border: 1px cinza sólido; visibilidade: oculto; font-size: 10pt;). cbutton (border: 1px solid # 330000; background: # CCCCCC; padding: 2px 2px 2px 2px;) | |
    23. Apedrejá-lo com pedras - Este blasfemo foi o primeiro que morreu pela lei de Moisés. Stephen o primeiro que morreram para o evangelho, morreu pelo abuso do direito. O mártir eo malfeitor sofreu a mesma morte, mas como a grande diferença entre eles. http://www.ccel.org/ccel/wesley otes.ii.iv.xxv.ii.html




Untitled Document

Velho Testamento


Gênesis I Samuel Ester Lamentações Miquéias
Êxodo II Samuel Ezequiel Naum
Levítico I Reis Salmos Daniel Habacuque
Números II Reis Provérbios Oséias Sofonias
Deuteronômio I Crônicas Eclesiastes Joel Ageu
Josué II Crônicas Cânticos Amós Zacarias
Juízes Esdras Isaías Obadias Malaquias
Rute Neemias Jeremias Jonas


Novo Testamento


Mateus I Corintios I Tessalonicenses Filemom I João
Marcos II Corintios II Tessalonicenses Hebreus II João
Lucas Gálatas I Timóteo Tiago III João
João Efésios II Timóteo I Pedro Judas
Atos Filipenses Tito II Pedro Apocalipse
Romanos Colossenses