Bíblia Comentada no WhatsApp!



Se você quer receber versículos bíblicos
no seu WhatsApp, basta enviar uma
mensagem pelo Whats para:



+55 11 97554-4484.



É simples, prático e muito fácil estar
em contato com a Palavra de Deus!



Um Serviço adWhats




 Deuteronômio - Cap.: 2

12345678910
11121314151617181920
21222324252627282930
31323334
1 - DEPOIS viramo-nos, e caminhamos ao deserto, caminho do Mar Vermelho, como o SENHOR me tinha dito, e muitos dias rodeamos o monte Seir.
    2:1 Caminho do Mar Vermelho. Porque o termo "Mar Vermelho" poderia incluir o Golfo de Aqaba (Ex. 13:18 nota), este foi provavelmente a estrada no deserto do Golfo.
    contornou monte Seir. < Or, "we circled around Mount Seir" (text note).' onmouseout="this.style.backgroundColor='#fff'">/ b> ou, "temos um círculo ao redor do monte Seir" (nota de texto). Os israelitas viviam uma vida nômade. Moisés e os que com ele continuou fiel na adoração a Deus.
    1. Depois nos viramos e seguimos nosso caminho para o deserto pelo caminho do Mar Vermelho Depois de vencida o seu ataque sobre os cananeus, os israelitas se separou de seu acampamento em Cades, e caminhando para o sul sobre o deserto a oeste de Tih, bem como através da grande vale da Ghor e Arabá, eles estenderam suas remoções até o golfo de Ácaba.
    estamos rodeados de montagem Seir muitos dias Nessas poucas palavras, Moisés compreendeu a totalidade do que a vida nômade perambulando pelo qual passaram durante trinta e oito anos, mudando de lugar para lugar, e regulando os seus postos com a perspectiva de pasto e água. No intervalo que eles passaram para o norte pela segunda vez a Cades, mas se recusou a ser uma passagem através de Edom e oposição pelos cananeus e amalequitas, que novamente não teve alternativa senão a de percorrer mais uma vez a grande planície ao sul do Mar Vermelho, onde virando à esquerda e atravessam a longa cadeia de montanhas elevadas a leste de Eziom-Geber (Nu 21:04, 5), que emitiu em grandes planícies e elevado, que ainda são percorridos pelos peregrinos da Síria em seu caminho para Meca. Eles parecem ter seguido do norte quase a mesma rota, que agora é tomado pela hadji sírio, ao longo do oeste saias deste grande deserto, perto das montanhas de Edom [Rodrigues]. Foi ao entrar estas planícies que receberam a ordem: "Tendes rodeado esta montanha (neste local montanhoso, agora Jebel Shera) tempo suficiente, voltai-vos para o norte "[De 02:03].
2 - Então o SENHOR me falou, dizendo:
3 - Tendes rodeado bastante esta montanha; virai-vos para o norte.
4 - E dá ordem ao povo, dizendo: Passareis pelos termos de vossos irmãos, os filhos de Esaú, que habitam em Seir; e eles terão medo de vós; porém guardai-vos bem.
    2:4 vossos irmãos, os descendentes de Esaú. Como explicado no v. 8 e, num. 20:14-21, os edomitas recusou passagem pacífica, por isso Israel se em torno de seu território.
    4. os filhos de Esaú, que habitam em Seir | deve ter medo de você As mesmas pessoas que tinham altivez repeliu a abordagem dos israelitas a partir da fronteira ocidental ficaram alarmados, agora que eles tinham se volta sobre o lado fraco de seu país.
    5-7. Meddle não com eles , isto é," que habitam em Seir "(De 2:4)" porque não havia outro ramo de Esaus posteridade, ou seja, os amalequitas, que estavam a ser combatido e destruído (Gênesis 36:12; Ex 17:14; De 25:17). Mas o povo de Edom não estavam a ser lesados, quer em suas pessoas ou bens. E, embora a abordagem de tão vasto uma horda nômade como os israelitas, naturalmente, criou apreensão, eles foram tomar nenhuma vantagem do terror em vigor para obrigar os edomitas termos que aceitar o que eles impostas. Eles eram simplesmente passar "através" ou ao longo de sua fronteira, e para comprar carne e água deles, por dinheiro (De 2:6). As pessoas, mais gentil do que o seu rei, não vendem pão, carne, frutas e água em sua passagem ao longo da fronteira (De 02:29), da mesma forma como a caravana de Meca, Síria é agora fornecido pelas pessoas da mesmas montanhas, que se reúnem os peregrinos como em uma feira ou mercado na rota Hadji [Rodrigues]. Embora os israelitas ainda gozava de um fornecimento diário do maná, não havia nenhuma proibição contra comer sua comida quando outros oportunidade oferecida. Só que eles não foram para acalentar um desejo enorme por ele. A água é um bem escasso e muitas vezes é pago pelos viajantes por aquelas bandas. Era o operador mais sobre os israelitas a fazê-lo, já que, pela bênção de Deus, eles possuíam abundância de meios para comprar, ea experiência de longa contínua da bondade extraordinária de Deus para eles, deveria inspirar tanta confiança nele como suprimiria a menor idéia de recorrer à fraude ou violência no fornecimento de seus desejos.
    18/08. passamos | através do caminho da planície Arabá ou grande vale, de Elate (" árvores ") (a Ailah dos gregos e romanos). O site dele é marcada por extensos montes de lixo.
    Ezion-Geber agora Akaba, ambos no território de Edom, e depois de fazer um circuito de sua fronteira sudeste, os israelitas chegaram à fronteira de Moab, no sudeste do Mar Salgado. Eles tinham sido proibidos por ordem divina para molestar a moabitas de modo algum, e esta homenagem especial foi conferido que as pessoas não por sua própria conta, pois eles eram muito maus, mas em virtude de sua descendência de Lot. (Veja no De 23:3). Seu território incluía a multa país no sul, e em parte do norte do Arnon. Eles tinham vencido por seus braços dos habitantes originais, os emins, uma corrida terrível, como as importações de seu nome, para a força física e estatura (Gênesis 14:5), do mesmo modo como os edomitas tinham obtido o seu acordo com a derrubada dos ocupantes originais da Seir, o Horims (Gênesis 14:6), que foram troglodytes, ou moradores de cavernas. Moisés fez alusão a essas circunstâncias para incentivar seus compatriotas a acreditar que Deus seria muito mais permitir-lhes expulsar os cananeus ímpios e maldito. Naquela época, porém, os moabitas, tendo perdido a maior parte de seus bens através das usurpações de Siom, foram reduzidos para a região pequena, mas fértil entre os Zerede e Arnon.
5 - Não vos envolvais com eles, porque não vos darei da sua terra nem ainda a pisada da planta de um pé; porquanto a Esaú tenho dado o monte Seir por herança.
6 - Comprareis deles, por dinheiro, comida para comerdes; e também água para beber deles comprareis por dinheiro.
7 - Pois o SENHOR teu Deus te abençoou em toda a obra das tuas mãos; ele sabe que andas por este grande deserto; estes quarenta anos o SENHOR teu Deus esteve contigo, coisa nenhuma te faltou.
8 - Passando, pois, por nossos irmãos, os filhos de Esaú, que habitavam em Seir, desde o caminho da planície de Elate e de Eziom-Geber, nos viramos e passamos o caminho do deserto de Moabe.
    2:8 de Elate e Geber Eziom. Pára na Trabalha, Obote, e Abarim Ije são mencionados no num. 33:43, 44. Trabalha é provavelmente moderno Feinan, no vale ao sul do Mar Morto, onde há uma boa primavera. Israel estava ignorando Edom e Moabe, e iria atacar Canaã do gateway oriental.
    8. Deste lado do Jordão - Então foi quando Moisés escreveu este livro, mas depois, quando Israel passou o Jordão era chamado na terra além do Jordão.
9 - Então o SENHOR me disse: Não molestes aos de Moabe, e não contendas com eles em peleja, porque não te darei herança da sua terra; porquanto tenho dado a Ar por herança aos filhos de Ló.
    9. Sirion - Elsewhere chamado Mount Gilead, eo Líbano, e aqui Shenir e Sirion, que vários nomes são dados a este monte uma parte de várias pessoas, e em parte no que diz respeito tops de várias partes do mesmo.
10 - (Os emins dantes habitaram nela; um povo grande e numeroso, e alto como os gigantes.
    2:10-12 O emim ... Horeus. Sabemos pouco sobre esses antigos habitantes da Transjordânia, mas seus nomes ocorrem em Gn 14, o relatório da invasão dos reis do leste ao longo desta área, nos dias de Abraão. O Emim, também chamados de Gigantes (ou "gigantes", nota de texto no v. 11), onde viveu até Moab vivia, o Zamzummim, também chamados de Gigantes, onde viveu os amonitas mais tarde viveu, eo horeus precedido os edomitas (vv. 10 -12, 20-23). A observação de que os emim e Zamzummim eram altos como os anaquins (todavia, havia sido conquistada) ajudaria a moral de Israel, que ainda tinha de conquistar o Anakim (im o término desses nomes é o sufixo hebraico plural). A identidade do horeus é intrigante. Uma pessoa importante no início da Mesopotâmia foram chamados Hurrians (um equivalente do termo hebraico traduzido por "horeu"). Alguns horeus em Canaã parecem ter nomes Hurrian, mas sua relação com o Hurrians não é clara.
    10. Todos os Gilead - Gilead vezes é tomada por todos os bens israelitas, além do Jordão, e por isso compreende Basã, mas aqui para que a parte dela que fica dentro e nas imediações da montanha de Gileade, e por isso se distingue de Basã e Argobe.
11 - Também estes foram considerados gigantes como os anaquins; e os moabitas os chamavam emins.
    11. Em Rabbath - Onde ele pode ser agora, ou porque os amonitas em uma batalha com a ex-Og, tomou-o como um despojo: ou porque depois da morte Ogs, os amonitas desejado para que este monumento da sua grandeza, e os israelitas para lhes permitir a carregá-lo afastado da sua principal cidade. De nove côvados - Então sua cama era de quatro metros e meio de comprimento e dois metros de largura.
12 - Outrora os horeus também habitaram em Seir; porém os filhos de Esaú os lançaram fora, e os destruíram de diante de si, e habitaram no seu lugar, assim como Israel fez à terra da sua herança, que o SENHOR lhes tinha dado).
    2:12 posse que o L ORD lhes deu. Esta frase pode parecer uma inserção mais tarde depois que Israel conquistou Canaã, mas isso poderia facilmente ter sido dito por Moisés depois da conquista significativa da Transjordânia e da liquidação das duas e meia tribos lá.
13 - Levantai-vos agora, e passai o ribeiro de Zerede. Assim passamos o ribeiro de Zerede.
    13. Agora levanta-te, e se você o ribeiro de Zerede A fronteira do sul de Moab, Zerede (" woody "), agora Wady Ahsy, separa o bairro moderno da Jebal de Kerak, e, na verdade, faz uma divisão natural do país entre o norte eo sul. Ar, chamado nos últimos tempos, Amã, foi a capital de Moabe, e situado vinte e cinco milhas a sul do Arnon às margens de um riacho, mas obscuros, o Hamed Beni. É aqui mencionados como representante da país dependente dele, um país rico e bem cultivado, como resulta das inúmeras ruínas de cidades, bem como dos traços do preparo ainda são visíveis nos campos.
14 - E os dias que caminhamos, desde Cades-Barnéia até que passamos o ribeiro de Zerede, foram trinta e oito anos, até que toda aquela geração dos homens de guerra se consumiu do meio do arraial, como o SENHOR lhes jurara.
    2:14 trinta e oito anos. Veja a nota na v. 3.
    como o L ORD tinha jurado. Outra referência clara aos números, onde Deus jurou que a geração incrédula iria morrer no deserto (Nm 14:21-23).
    14. Até o dia - Este deve ser colocado entre as passagens que não foram escritos por Moisés, mas acrescentou que por aqueles homens santos, que digeria a livros de Moisés para este fim, e inseriu algumas poucas passagens para acomodar as coisas ao seu próprio tempo e as pessoas.
15 - Assim também foi contra eles a mão do SENHOR, para os destruir do meio do arraial até os haver consumido.
    15. Gilead - Ou seja, da metade de Gileade. Para Maquir - Ou seja, os filhos de Maquir, filho de Manassés, de Maquir agora estava morta.
16 - E sucedeu que, sendo já consumidos todos os homens de guerra, pela morte, do meio do povo,
    16. todos os homens de guerra foram consumidos e mortos entre as pessoas O foco em Cades sobre o falso relatório dos espiões havia sido por ocasião do decreto fatal por que Deus condenou o conjunto da população adulta de morrer no deserto [Nu 14:29], mas que apenas surto encheu a medida de suas iniqüidades. Para essa geração, embora não universalmente abandonada à pagã e práticas idólatras, ainda tinha o tempo todo exibido um montante medo da descrença no deserto, que essa história é apenas uma indicação a obscura, mas que é expressamente afirmado alhures (Ezequiel 20:25, 26; Am 5:25, 27; Ac 7:42, 43).
    19-37. quando vieres quase defronte dos amonitas, não lhes aflição, nem se meter com elas As amonites, sendo parentes para os moabitas, foram, de respeito à memória de seu ancestral comum, que permanece inalterada pelos israelitas. O território deste povo foi diretamente para o norte da de Moab. É prorrogado até o Jaboque, tendo sido levado por eles a partir de um certo número de pequenas tribos cananéia, ou seja, a Zamzummins, a intimidação, a banda presunção de gigantes, como o próprio nome indica e os Avims, os aborígenes da zona que se estende desde Hazerim ou Hazerote (El Hudhera), mesmo ditou Azzah (Gaza), mas que tinham sido despojados pelos Caftorim (filisteus), que saíram de Caftor (Baixo Egito) e assentadas na costa ocidental da Palestina. Os limites dos amonitas passaram comprimido, mas ainda possuía a região montanhosa além do Jaboque (Jos 11:2). Que visão estranha que este parêntese de quatro versos em dar o início da história Palestina! Quantas guerras sucessivas de conquista tinha varrido sobre seu estado precoce "que mudanças de dinastia, entre as tribos cananéia tinha ocorrido muito antes de transacções registadas nesta história!
    24-36. Levantai-vos | e passe por cima do rio Arnon Na sua boca, esse fluxo é oitenta e dois pés de largura e quatro de profundidade. Flui em um canal perpendicular bancados por falésias de arenito. Na data da migração Israelitish a leste da do Jordão, todo o belo país que fica entre o Arnon eo Jaboque, incluindo o trato montanhosa de Gileade, tinham sido apreendidos pela amorreus, que, de ser uma das nações condenado à destruição (cf. De 07:02, 20:16 ), foram totalmente exterminados. seu país caiu por direito de conquista nas mãos dos israelitas. Moisés, porém, considerando que este castigo como se referindo apenas ao oeste do Jordão posses amorreus, enviou uma mensagem pacífica a Siom, solicitando permissão para atravessar seus territórios, que ficava a leste daquele rio. É sempre o costume de enviar mensageiros antes de preparar o caminho, mas a rejeição do pedido de Moisés Siom ea sua oposição ao avanço dos israelitas (Nu 21,23; Jud 11 : 26) chamou sobre si e seus súditos amorreu o castigo previsto no primeiro campo de batalha campal com os cananeus. assegurou que Israel não só a posse de um belo país e pastoral, mas, o que era mais importante para eles, uma livre acesso ao Jordão para o oriente.  «Â Anterior Capítulo 2 Next » ? versão para impressão Este livro foi acessado mais de 1.764.101 vezes desde 01 de junho de 2005. Registre-se Login Anúncios Store | Copyright | Política de Privacidade | Contato Conosco | Anuncie conosco | Programa de Assinatura Library. ControlBox (bottom: fundo; 0px: # 660000; cores: branco estofamento;: 4px 4px 4px 4px; border: 1px cinza sólido; visibility: hidden; tamanho de fonte: 10pt;). cbutton (border: 1px solid # 330000; background: # CCCCCC; padding: 2px 2px 2px 2px;) | |
    16. Metade vale - ou melhor, para o meio do rio: a palavra proferida meia geralmente significa meio, e a mesma palavra hebraica significa tanto vale e um ribeiro ou rio. E nesse sentido, é aceitável para a verdade, que sua terra alargado de Gileade Arnon, e, para falar exatamente, no meio desse rio, pois, como o rio era a fronteira entre eles e outros, para metade do que pertencia a eles, como a outra metade foi para os outros, Josh. xii, 2. A mesma coisa é expresso nas mesmas palavras em hebraico que estão aqui, embora os nossos tradutores traduzir as palavras auto-mesmo que, a partir do meio do rio, que aqui se render, a metade do vale. Há os limites do Sihons reino, que era a mesma porção aqui mencionados como dado a Rúben e Gade, são assim descritas, desde Aroer, que está sobre a margem do rio Arnon, e desde o meio do rio, e de meia Gileade, até o rio Jaboque, que é o termo dos filhos de Amom.
17 - O SENHOR me falou, dizendo:
    17. A planície - O país de baixo para a Jordânia. O mar da planície - Ou seja, esse mar de sal, que antes que era um terrível incêndio goodly simples.
18 - Hoje passarás a Ar, pelos termos de Moabe;
    18. Você - Ou seja, os rubenitas e gaditas. Todos os que estão atender - em número, como o nosso irmãos julgar necessário. Eles estavam em todos acima de cem mil. Quarenta mil deles passaram o Jordão diante de seus irmãos.
19 - E chegando até defronte dos filhos de Amom, não os molestes, e com eles não contendas; porque da terra dos filhos de Amom não te darei herança, porquanto aos filhos de Ló a tenho dado por herança.
    2:19 o povo de Amon. O parentesco com Amon, como em Moab e Edom, foi lembrado por muito tempo (Gn 19:37, 38) .
20 - (Também essa foi considerada terra de gigantes; antes nela habitavam gigantes, e os amonitas os chamavam zamzumins;
21 - Um povo grande, e numeroso, e alto, como os gigantes; e o SENHOR os destruiu de diante dos amonitas, e estes os lançaram fora, e habitaram no seu lugar;
22 - Assim como fez com os filhos de Esaú, que habitavam em Seir, de diante dos quais destruiu os horeus, e eles os lançaram fora, e habitaram no lugar deles até este dia;
23 - Também os caftorins, que saíram de Caftor, destruíram os aveus, que habitavam em Cazerim até Gaza, e habitaram no lugar deles).
    2:23 da Avim. Não sabemos nada dessas pessoas. Se a Gaza mencionado é o mesmo que a sudeste de Gaza, em Canaã, Moisés menciona-lo aqui apenas como parte de sua pesquisa de luxações anteriores dos povos.
    Caftorim. Se Caftor meios de Creta, como é habitual, a referência seria a de uma comunidade filisteu cedo e provavelmente local (antes da tarde, filisteu grande invasão de c. 1200 B. C.), de que a Abimeleque, em Gênesis 20 foi, talvez, um membro (cf. Jer. 47:4).
    23. Roguei ao Senhor - Devemos permitir que nenhum desejo em nossos corações, que não podemos oferecer na fé a Deus pela oração.
24 - Levantai-vos, parti e passai o ribeiro de Arnom; eis aqui na tua mão tenho dado a Siom, amorreu, rei de Hesbom, e a sua terra; começa a possuí-la, e contende com eles em peleja.
    24. Tu começaste a mostrar ao teu servo a tua grandeza - Senhor, perfeito o que tu começou. Quanto mais vemos da glória de Deus em suas obras, mais desejo de ver. E quanto mais somos afetados com o que vimos de Deus, o melhor estamos preparados para mais descobertas.
25 - Neste dia começarei a pôr um terror e um medo de ti diante dos povos que estão debaixo de todo o céu; os que ouvirem a tua fama tremerão diante de ti e se angustiarão.
    2:25 medo de você. Israel agora é começar a sua conquista, mas as pessoas devem se lembrar que Deus é quem vai adiante. Este era para ser a ênfase do povo de Deus para sempre (cf. Sl. 44:3).
    25. Deixe-me passar - Para ele supostamente Deuses ameaça pode estar condicionada e reversível, como muitos outros foram. Que formosas montanhas Que não os judeus improvável entendido dessa montanha em que o templo era para ser construído. Esta parece chamar aquela montanha, enfática e eminentemente, que era muito Mosess em pensamentos, embora não em seu olho.
26 - Então mandei mensageiros desde o deserto de Quedemote a Siom, rei de Hesbom, com palavras de paz, dizendo:
27 - Deixa-me passar pela tua terra; somente pela estrada irei; não me desviarei para a direita nem para a esquerda.
    2:27 Deixe-me passar. oferecem o mesmo que foi dado a Edom e Moab. Aqui, no entanto, era a vontade de Deus para Israel para conquistar o território. Siom recusou a oferta de Moisés, mas Deus estava no controle soberano, como Ele esteve com o Faraó (Ex. 4:21). Seon resistência tornou-se oportunidade de Israel.
28 - A comida, para que eu coma, vender-me-ás por dinheiro, e dar-me-ás por dinheiro a água para que eu beba; tão-somente deixa-me passar a pé;
    28. Ele deve passar por cima - Não foi Moisés, mas Josué ou Jesus, que foi dar o resto das pessoas, Heb. iv, 8. Tis um conforto para aqueles que amam a humanidade, quando eles estão morrendo e indo para fora, para ver Deuses trabalho susceptíveis de serem exercidas por outras mãos, quando eles são silenciosos no pó. http://www.ccel.org/ccel/wesley otes.ii.vi.iii.ii.html
29 - Como fizeram comigo os filhos de Esaú, que habitam em Seir, e os moabitas que habitam em Ar; até que eu passe o Jordão, à terra que o SENHOR nosso Deus nos há de dar.
30 - Mas Siom, rei de Hesbom, não nos quis deixar passar por sua terra, porquanto o SENHOR teu Deus endurecera o seu espírito, e fizera obstinado o seu coração para to dar na tua mão, como hoje se vê.
31 - E o SENHOR me disse: Eis aqui, tenho começado a dar-te Siom, e a sua terra; começa, pois, a possuí-la para que herdes a sua terra.
32 - E Siom saiu-nos ao encontro, ele e todo o seu povo, à peleja, em Jaza;
    2:32 em Jasa. Cerca de sete quilômetros ao sul de Hesbom, Seon, foi espancado e seu território conquistado. As cidades foram colocados sob a proibição (ou seja, Israel deixou nenhum sobrevivente, v. 34, Lev. 27:28 nota). O efeito de cálculo da proibição, nos tempos antigos era fazer os habitantes de uma área de fugir sem a colocação de resistência. Israel não foi ordenado a utilizar este procedimento, excepto em sua conquista de Canaã e Transjordânia (20:10-15), onde a nação santa iria ser corrompida pela influência da cultura pagã remanescente (Salmo 106:34-39).
33 - E o SENHOR nosso Deus no-lo entregou, e o ferimos a ele, e a seus filhos, e a todo o seu povo.
34 - E naquele tempo tomamos todas as suas cidades, e cada uma destruímos com os seus homens, mulheres e crianças; não deixamos a ninguém.
35 - Somente tomamos por presa o gado para nós, e o despojo das cidades que tínhamos tomado.
36 - Desde Aroer, que está à margem do ribeiro de Arnom, e a cidade que está junto ao ribeiro, até Gileade, nenhuma cidade houve que de nós escapasse; tudo isto o SENHOR nosso Deus nos entregou.
37 - Somente à terra dos filhos de Amom não chegastes; nem a toda a margem do ribeiro de Jaboque, nem às cidades da montanha, nem a coisa alguma que nos proibira o SENHOR nosso Deus.




Untitled Document

Velho Testamento


Gênesis I Samuel Ester Lamentações Miquéias
Êxodo II Samuel Ezequiel Naum
Levítico I Reis Salmos Daniel Habacuque
Números II Reis Provérbios Oséias Sofonias
Deuteronômio I Crônicas Eclesiastes Joel Ageu
Josué II Crônicas Cânticos Amós Zacarias
Juízes Esdras Isaías Obadias Malaquias
Rute Neemias Jeremias Jonas


Novo Testamento


Mateus I Corintios I Tessalonicenses Filemom I João
Marcos II Corintios II Tessalonicenses Hebreus II João
Lucas Gálatas I Timóteo Tiago III João
João Efésios II Timóteo I Pedro Judas
Atos Filipenses Tito II Pedro Apocalipse
Romanos Colossenses